sábado, 14 de setembro de 2019

AS EMOÇÕES DA PRIMEIRA BIENAL

Existem momentos que são únicos. Aqueles em que a emoção toma conta da vida de gente, e a gente não sabe se ri ou se chora. Foi assim a minha primeira Bienal como autor. Os estandes, super produzidos, cheios de criativas atrações, deixavam o imenso público maravilhado. Enormes bonecos, esculturas feitas de livros, gigantescas telas de vídeo, cenários deslumbrantes, bate-papos inteligentes, tudo para deixar qualquer ser humano, leitor ou escritor, completamente encantado com o universo da leitura. A Bienal é muito mais do que livros! É um espaço onde o saber e a diversão interagem de maneira perfeita para o deleite do visitante. É um programa imperdível! E eu estava ali, no meio daquele mundo de conhecimento e livros sem fim, sentado na minha cadeira, distribuindo autógrafos e sorrisos. A felicidade era enorme em respirar todo aquele ar cultural e sentir o interesse das pessoas sobre as minhas obras. Vendi poucos livros, é verdade. Mas, isso não importa: a festa foi de todos e para todos que lá estiveram. Em cada esquina, uma surpresa. Em cada pavilhão, incontáveis atrações que só nos deixavam com vontade de morar ali naquele espaço, mesmo que fosse só por algumas horas. Do ponto de vista comercial, a concorrência é forte: estava ali para promover o meu mais recente lançamento, “Ria De Tudo Isso!”, um livro recheado de histórias divertidas e muito bom humor, que está à venda por R$ 38,00 – o que considero um ótimo preço. Só que a Bienal estava repleta de ofertas de livros por R$ 10,00 e R$ 5,00. A minha irmã, inclusive, conseguiu comprar um livro que custou apenas R$ 3,00 e ainda vinha com um CD! Claro que essas ofertas baratinhas, não eram um lançamento, algo inédito como a minha obra, mas, nesses tempos de crise, todo mundo procura mesmo é economizar. Essa questão de resultado de vendas não me chateou nem um pouco, porque sucesso mesmo é viver momentos que não têm preço, como os que eu vivi. Uma garotinha super tímida, linda, por volta dos seus oito aninhos, chegou bem pertinho de mim e me mostrou um pequeno caderno de anotações. Ela não disse nada. Eu folheei o caderno e percebi que haviam dedicatórias de outros autores e, com certeza, ela queria que ali eu escrevesse alguma mensagem. Caprichei! Escrevi algo falando de alegria e bom humor (temática do meu livro) e ela ficou tão comovida que me deu um inesperado beijo no rosto. São momentos assim que fazem a alegria de qualquer escritor. Eu fiquei maravilhado pensando em quanto a Bienal e os livros podem fazer de bem pra essa e outras tantas garotinhas. São meninas e meninos que estão crescendo em meio a livros, percebendo a importância e a alegria do conhecimento em suas vidas. Fiquei feliz de estar ali, no meu cantinho, dando a minha contribuição. Você que é mãe, pai, tio, tia, avô, avó, estimule as suas crianças a lerem cada vez mais, principalmente nesses tempos de celular e muitos joguinhos eletrônicos. Ler é viajar nas palavras. Estimula a imaginação e o raciocínio. Uma criança curiosa por conhecimento, certamente se tornará um adulto mais feliz, porque através dos livros, assimilamos os mais nobres valores e de uma maneira super gostosa. Na verdade, eu me senti como uma criança nessa minha primeira Bienal. Que a alegria junto aos livros permaneça pra sempre na minha vida! E na sua também!
Leia mais...

sábado, 7 de setembro de 2019

O CÉU PODE SER AQUI

Pode parecer pretensão minha, mas eu acho que quando estamos super felizes, seria como se estivéssemos no céu. A felicidade pra mim seria a combinação de três maravilhosos estados de espírito: paz, alegria e gratidão. Ter paz é ter a mente tranquila, leve, livre de qualquer preocupação. É ter a certeza de que estando Deus no comando, nada irá nos angustiar, por isso a fé se torna tão importante, principalmente nesses agitados dias em que estamos vivendo. A paz tem a ver com a sensação do dever cumprido, não estou me referindo a obrigações cotidianas ou de trabalho, mas com a sensação de se estar cumprindo bem o seu papel no mundo, como filho de Deus, dando a sua contribuição cheia de amor para que cada pessoa que faz parte da sua vida siga um caminho de felicidade. Paz é música sublime, pôr do sol, ondas do mar, pássaros voando. Pode também ser o silêncio. Ou um abraço sincero. Uma boa leitura, um banho demorado, um chocolate, uma noite bem relaxante, também nos acalmam e nos fazem esquecer a urgência dos compromissos e tarefas do dia a dia. Nada como um gostoso e merecido descanso para percebermos como é importante darmos uma pausa, silenciarmos a mente, sentirmos a respiração tranquila, antes de enfrentarmos as batalhas de nossa rotina. Um gesto de perdão também é uma atitude de paz. Reconciliar-se com alguém importante para você sempre irá te tirar um peso dos ombros e esta maravilhosa sensação de alívio só faz bem para o corpo e para a alma. Mas, antes de tentar se reconciliar com alguém, é preciso estar em paz consigo mesmo, perdoando os próprios erros e percebendo que todos nós estamos aqui neste planeta para aprender e para evoluirmos espiritualmente. Uma pessoa de espírito elevado certamente está no caminho da paz. A oração será sempre um gesto de paz! Por isso, desenvolva agora e sempre o seu lado espiritual, não importa qual a religião que você siga. O importante é praticar o bem e Deus, através do universo, irá te devolver em bênçãos todo o amor que você espalhar por aí. Além da paz, outra sensação maravilhosa é a alegria. A delícia de  acordar todo dia contente, satisfeito, de bem com a vida, é um maravilhoso presente de Deus para quem, mesmo que sem ter essa noção, segue os ensinamentos de Jesus. Uma pessoa assim está sempre otimista e vive cheia de motivação. É alguém que abraça a vida de verdade e se põe por inteiro em tudo o que faz. Trabalha com prazer, ama a companhia da família e dos amigos, ajuda necessitados, valoriza o lazer, está sempre disponível para fazer um favor, sabe ser generoso com todos, cuida da saúde e do lado espiritual. Uma pessoa que vive contente, esbanjando bom humor, apesar de ter problemas como todo mundo. Quem é que não gosta de dar uma boa risada? Então, faça por onde ter bons momentos: procure trabalhar naquilo que gosta, saia com pessoas divertidas, inicie um novo hobby, faça programas bacanas mesmo que sozinho, aproveite bem o seu tempo livre, viaje, leia, dance, cante, escreva, pinte, vá a exposições, shows e peças, faça surpresas para quem você ama, namore, apaixone-se pela vida! Sentindo paz e alegria na sua vida, você vai descobrir o que é sentir gratidão. Uma sensação incrível, que só quem soube desenvolver a fé e o amor, será capaz de vivenciar em sua plenitude. Gratidão é dizer “Obrigado Senhor!”, do fundo do coração. E perceber que quanto mais a gente agradece, mais acontecimentos bons aparecem e mais temos a agradecer. Sim, felicidade pra mim é isso. Pode não ser o céu mas, com certeza, tem algo de divino nisso tudo. Amém!
Leia mais...

sábado, 31 de agosto de 2019

SOU FILHO E PROPRIEDADE DE NOSSA SENHORA

Quero me juntar aos otimistas, que fazem da fé um grande escudo de proteção contra os pensamentos ruins. Quero esbanjar alegria, por mais difícil que seja a situação. O meu segredo? Sempre que me sinto mal, me lembro da poderosíssima frase: “Deus está no comando”. E se eu de fato acredito, com todas as minhas forças, de que sou filho e propriedade de Nossa Senhora, então, não há com o que o me preocupar. O meu Deus é o Deus do impossível, dos milagres, da cura, da vitória do bem e da paz. É o Deus do Amor. E sei que me ama como ninguém mais, pois quer e faz acontecer a minha felicidade, por mais que os problemas pareçam insolúveis. Por mais que eu me sinta triste, desamparado, angustiado, pessimista, quando me lembro que sou filho e propriedade de Nossa Senhora, eu descanso no Senhor. Na verdade, por mais que eu tente, chega um momento em que a solução não está em minhas mãos, não há nada do que eu possa fazer a não ser rezar. E que poder tem a oração! Sorte de quem acredita. De quem, através da fé e do seu encontro íntimo com Jesus, descobre forças, luz e sabedoria, para seguir adiante e perceber que, por mais que estejamos no fundo do poço, sempre haverá uma saída. Nada como um dia após o outro. A Virgem Maria sempre haverá de nos proteger. E o nosso Pai, cheio de poder, vai colocando todas as coisas no seu devido lugar, dando a cada um o que merece, de acordo com o bem e com o mal que praticou. É a lei do retorno: justa, perfeita. Dando aos bons e justos, alegria e paz. Dando aos maus, sofrimento e dor. Creia. Confie. Espere. Se você sempre semeou amor e fé, haverá de colher bons frutos, não importa a situação difícil que esteja atravessando neste momento. Creia. Confie. Espere. Se você praticou o mal, haverá de ser punido, por mais que pareça que tudo vai bem neste momento na sua vida. Não há como fugir da lei do retorno: todo o bem que praticamos, volta em forma de bênçãos; todo o mal que praticamos, volta em forma de provações. É a sabedoria divina nos ensinando, a todo instante, que caminho devemos percorrer para alcançarmos paz e felicidade. E isso acontece de uma maneira tão inteligente, de uma forma sobrenatural e inexplicável, que só cabe a nós um imenso sentimento de gratidão por tudo que Jesus nos ensinou. As palavras do Mestre estão aí. Todos nós sabemos o que é do bem, o que é do mal. Todos nós temos livre arbítrio para fazermos nossas escolhas. As consequências serão justíssimas para cada pessoa. Nem mais, nem menos. Tudo vem na hora certa. Portanto, quando eu estou passando por um momento difícil, eu procuro me lembrar de que sou filho e propriedade de Nossa Senhora, e assim me sinto mais tranquilo e confiante, porque sei que mereço a paz e a alegria, por ser um bom homem, alguém que cultiva o amor e procura se elevar espiritualmente a cada novo dia. Não tenho nada a temer. É a fé vencendo os medos, me fazendo forte, quando meu mundo parece desabar. É o poder divino transformando as situações mais duras, de uma forma muitas vezes incompreensível para a nossa limitada racionalidade humana, e nos trazendo paz em meio ao caos, colocando tudo no seu devido lugar. Sorte de quem acredita. Sorte de quem cultiva a fé e crê imensamente na proteção e luz de um Deus que é mesmo Todo Poderoso, cheio de generosidade, misericórdia e sabedoria. Quando eu me lembro que este Deus está no comando, sinto um alívio tão grande, uma sensação de paz e otimismo me invade e o meu sentimento maior passa a ser o de gratidão. Isso mesmo. Passo do medo à gratidão, através da fé. Não existe experiência mais transformadora do que essa. Só quem já passou por isso, entende o que estou falando. Obrigado, Senhor. O caminho pode ser difícil, mas certamente nos conduz a Ti. Ou seja: nos conduz à felicidade, contando com a infinita proteção de Nossa Senhora. Amém!
Leia mais...

sábado, 24 de agosto de 2019

DANDO A VOLTA POR CIMA

Tem uma frase do Einstein (pura inteligência, é claro!) que aparece no meu novo livro RIA DE TUDO ISSO!, a ser lançado agora em setembro, e eu a acho profundamente inspiradora: “Se quer viver feliz, amarre-se a uma meta, não às pessoas ou coisas”. Pense bem. É a mais pura verdade. Pode parecer um pouco frio, dizendo que não devemos nos amarrar às pessoas, mas o que eu entendi é que devemos viver os nossos sonhos e certamente as pessoas bacanas estarão dentro dele. Alguém com uma meta, é alguém que se conhece bem, sabe o que quer e, sobretudo, valoriza a pessoa que é. Faz o que gosta. Vive cheio de planos. Sabe cuidar de si. Valoriza o trabalho, o amor, os amigos, a família, a fé, como caminho seguro para alcançar a felicidade. Acho que o grande segredo é manter o equilíbrio entre esses importantíssimos aspectos de nossas vidas, porque se um lado vai mal, o outro compensa. Mas há quem se entregue por inteiro e somente ao amor e, quando este entra em crise, o mundo desaba. Uma pessoa assim, deixou de lado o aspecto profissional, e fica dependente das migalhas de atenção que qualquer um se disponha a oferecer. Vive carente porque não consegue ficar bem sem ninguém. E vira vítima fácil de oportunistas e interesseiros. Mas, para se ter um bom relacionamento com alguém, é preciso, primeiro, estar bem consigo mesmo. É fundamental saber andar com as próprias pernas, ser independente, ter uma vida interessante, alegre, não importa se no momento vive ou não um romance. É claro que a vida ao lado de um grande amor é muito mais gostosa, mas, por favor, não dependa só disso para viver momentos felizes. Se você levou um fora, terminou um relacionamento, ou está numa crise conjugal, a melhor maneira de dar a volta por cima é valorizar os outros aspectos da sua vida: os amigos, a família, a profissão, a fé. A vida de nenhuma pessoa se resume num romance e são justamente esses outros aspectos que vão te sustentar até que você reencontre o equilíbrio e a paz que a crise no relacionamento a dois te tirou. Por isso, valorize ao máximo os seus sonhos e quem sempre esteve junto de você na sua busca para conquistá-los. E, quando encontrar um amor, viva-o com alegria e prazer, mas não viva só para essa pessoa. Viva para todos que te amam. Lembre-se da sua profissão, dos seus pais, dos seus irmãos, dos seus amigos, dos seus hobbies, da sua religião, pois o seu mundo é muito maior do que o que acontece entre quatro paredes. Sexo é ótimo, mas ninguém passa o dia inteiro na cama. Apaixone-se, em primeiro lugar, por você mesmo. Paquere, saia, divirta-se, namore, mas procure ter uma vida gostosa também quando estiver só. Assim, será muito mais fácil dar a volta por cima, se o romance terminar. E, quando estiver namorando, procure resistir a tentação de ficar exibindo ele ou ela nas redes sociais, como se fosse um troféu. Preserve a sua vida pessoal e ela terá muito mais chances de ser feliz. Bibi Ferreira teve oito casamentos e o público só veio a saber disso depois que ela faleceu. Exemplo de alguém que soube preservar a sua privacidade, porque teve a sabedoria de se dedicar à profissão e viver seus amores com toda discrição. Seja inteligente. Viva para realizar os seus sonhos e coloque dentro dele um amor que venha para somar. Que te traga paz e alegria, que venha para aumentar a sua felicidade, mas que não seja tudo pra você. Tudo pra mim, só Jesus. Nele sim, eu confio inteiramente e sei que nunca irá me decepcionar. Este sim deve ser o grande amor da sua vida! Mantendo a fé, você sempre haverá de dar a volta por cima. Obrigado, Senhor, por estar sempre conosco nos devolvendo a paz. Felicidade começa com fé! 


Leia mais...

sábado, 17 de agosto de 2019

SE A NOTÍCIA FOR BOA, ESPALHE!

Quem não gosta de receber uma notícia boa? Sinceramente, eu não entendo porque as notícias ruins ganham tanto destaque nos dias de hoje. Por que não divulgarmos o melhor, fazermos propaganda do bem, de atitudes positivas, de pessoas que estão aí, dando uma contribuição bacana para melhorar o mundo? Os jornais, a TV, o rádio e a internet estão cheios de informações ruins, crimes, doenças, aumento de preços, corrupção, tragédias, assassinatos, mortes, fazendo a gente se sentir infeliz, achando que a vida é mesmo difícil e que no mundo só existem acontecimentos tristes. Não colabore para aumentar ainda mais a nossa insegurança: espalhe notícias boas! Há tanta gente realizando um lindo trabalho, pessoas que dedicam suas vidas a amar o próximo, programas sociais que beneficiam milhares de pessoas, ideias inteligentes para facilitar o nosso dia a dia, vitórias a serem comemoradas, histórias de superação, momentos de imensa felicidade, exemplos de atitudes que nos fazem acreditar na grandeza do ser humano e no poder imenso da generosidade e da fé. Sei que é preciso combatermos os problemas mas, por favor, sejamos otimistas, valorizemos agora a paz e alegria, para que possamos respirar em meio ao caos, acreditarmos que vale a pena viver por mais que as dificuldades apareçam. Sim, o amor existe! Sim, sonhos podem ser realizados! Sim, é possível viver feliz! Médicos todos os dias salvam vidas, arquitetos e engenheiros constroem moradias, assistentes sociais dão pão e agasalho, cientistas descobrem novas vacinas e remédios, professores aumentam nosso conhecimento, domésticas cuidam de nossa casa, artistas alegram e emocionam, psicólogos nos fazem refletir, policiais contribuem para a paz, advogados trabalham pela justiça, ricos fazem doações, idosos transmitem sabedoria, amigos querem nos ver felizes, pais se dedicam aos filhos. O amor impulsiona o mundo. É por amor que trabalhamos, e que vivemos aqui nesse planeta, onde nossa missão é ser feliz e espalhar felicidade. Foi para isso que Deus nos criou: para promovermos o bem. Cada vez que divulgamos uma notícia boa, estamos contribuindo para a alegria de alguém e para a nossa própria alegria também. 



Valorize agora o que te faz bem: encha sua vida de bom humor, de otimismo, de paz, de gratidão. Fale o que é bom. Sinta o que é bom. O mundo já anda cheio de notícias tristes, para nos deixar ainda mais pra baixo. Sejamos luz! Resista à tentação de fazer fofoca, de falar mal de conhecidos, de aumentar defeitos, de alardear o lado negativo das pessoas, de ver o lado ruim de cada situação. Isso não! Vamos falar de amor, de paz, de vitórias, de fé, de alegria, de otimismo. Ria mais, assista a comédias, divirta-se, comemore cada acontecimento bom, faça elogios sinceros, agradeça de coração. Agindo assim, você estará criando uma atmosfera de paz e felicidade à sua volta, cuidando da sua mente e do seu espírito para que as influências negativas do mundo lá fora não te levem à tristeza e ao medo. Acredite firmemente: a vida é boa! Basta você valorizar agora o que te traz paz e alegria, enchendo a sua vida de amor, ficando ao lado de pessoas bacanas, que a felicidade irá acontecer a cada novo dia. Viver é uma maravilha para quem tem uma atitude positiva e faz da fé e da generosidade a sua maior filosofia. Amar só faz bem. Essa é a grande notícia que a gente precisa divulgar!  
Leia mais...

sábado, 10 de agosto de 2019

É DANDO QUE SE RECEBE

Emoções. Podem nos levar a uma imensa alegria ou a uma depressão profunda. Como controlar nossos sentimentos, para que tenhamos uma vida bacana, cheia de paz, felicidade, tranquilidade, otimismo, gratidão e amor? É o que todo mundo procura mas, nesse mundo cheio de conflitos, precisamos cuidar de nossa mente para não sermos vítimas de pensamentos negativos. Sim, porque antes de sentirmos emoções negativas, nós temos pensamentos negativos. É a nossa forma de pensar que vai determinar a nossa forma de sentir. Se você quer se sentir alegre e de bem com a vida, procure ter sempre pensamentos otimistas. E, para ter sempre pensamentos otimistas, nada melhor do que encher a sua vida de amor e fé. Abrace mais. Beije mais. Fique perto de quem você sente que te quer bem, que vem para somar, que torce pela sua felicidade. Faça surpresas para quem você ama. Retribua gestos de carinho. Seja generoso com todos à sua volta: dê sua atenção a seus familiares, amigos, colegas de trabalho, vizinhos e também desconhecidos que passam necessidades na rua. Criando espaço para o amor em sua vida, você vai perceber que quanto mais nos doamos, melhor nos sentimos. A verdadeira felicidade está no dar e receber. Nunca vi um egoísta feliz. As pessoas mais alegres que eu conheço, aquelas que estão sempre de bem com a vida, estão sempre se importando com a vida do próximo, procurando ajudar no que for possível, dando atenção e carinho, desejando a felicidade de todos, contribuindo para um mundo melhor. Uma pessoa assim, de espírito elevado, tem em sua mente, muito mais pensamentos positivos do que negativos, porque faz do amor e da alegria uma maneira feliz de viver. Certamente você conhece alguém assim. Pode ser rico, pode ser pobre. Pode ser idoso, pode ser jovem. Pode ser homem, pode ser mulher. Pode ser de esquerda ou de direita. Pode ser hétero ou pode ser gay. Pode ser branco, negro, pardo, mulato, mestiço. Pode ter estudo ou ser analfabeto. O que importa mesmo é a grandeza do coração. É o quanto a pessoa enche de amor a sua vida, que lhe trará paz, alegrias e otimismo. Fazendo a felicidade do próximo fica muito mais fácil cultivar bons pensamentos e se livrar de sentimentos ruins como tristeza, medo, raiva, inveja, angústia, ansiedade, depressão, por mais que conflitos e problemas apareçam. O amor é o que vai te curar desses sentimentos ruins e te fazer sentir otimista, vendo a luz no fim do túnel, por mais que esteja atravessando um período de crise, onde tudo parece dar errado. É essa base amorosa e de confiança que vai te trazer paz nos momentos difíceis, fazendo você perceber que o amor constrói, dá forças, traz sabedoria, nos conforta, nos ilumina, nos compreende, nos auxilia, nos faz seguir em frente. Esse amor você pode encontrar na sua família, no seu par romântico, nos seus amigos verdadeiros, em todos que gostam de você e contribuem, de alguma maneira, para que a sua vida seja mais alegre, mais gostosa, mais tranquila, mais feliz. Esses sim você deve sempre manter por perto. São aquelas pessoas que nos reiniciam com um abraço, uma conversa cheia de atenção, uma demonstração de carinho, uma mensagem inesperada, uma atitude compreensiva, um gesto de perdão, um presente especial sem motivo especial, uma ligação comovente, um programa divertido, um texto sincero e otimista. Tudo isso vem para somar. E quanto mais pessoas bacanas você tiver por perto, mais alegre e feliz será a sua vida, sem dar muito espaço para os sentimentos negativos. Quanto mais você se doar, mais a vida se doará a você. É dando que se recebe. Simples assim.
Leia mais...

sábado, 3 de agosto de 2019

A CRIANÇA QUE EXISTE EM NÓS

Dentro de cada adulto, existe uma criança arteira. Uma personalidade brincalhona, leve, descompromissada, que só pensa em brincar e aproveitar a vida. É a parte mais pura que existe em nós, movida à alegria, ao entusiasmo, à criatividade, à espontaneidade de quem vive só pra se divertir. Para esta criança interior, não existem problemas que lhe tirem as risadas e uma imensa sensação de paz e gratidão faz parte do seu espírito. Ela está sempre animada, disposta a fazer um programa bacana, ter a companhia de gente também alegre, adora cantar, dançar, gargalhar, vive de bom humor, parece viver em estado de graça. Esta criança existe dentro de você. Liberte-a! Deixe-a viver em seus pensamentos, em suas atitudes, em seus gestos mais inspirados. Bobeira é levar tudo tão a sério, ser certinho demais, responsável demais, obedecendo regras como se sentir entusiasmo e alegria fosse um sinal de imaturidade ou inconsequência. A vida é curta, portanto, curta a vida. Ninguém sabe quanto tempo terá para aproveitar este presente que nos foi dado de passar uma temporada aqui na Terra. Faça agora o que te faz feliz. Abrace mais. Beije mais. Declare seu amor e sua atenção em gestos cheios de carinho. Ligue pra quem tá com saudade, marque um encontro. Conheça gente nova: pessoas de espírito elevado serão sempre bem-vindas, não importa a idade, o nível social, a religião, o partido político, a orientação sexual, a cor da pele, o que conta mesmo é ser alguém que venha para somar, para contribuir com a sua alegria, para trazer paz e bom humor, não importa seja um amigo, o seu amor, alguém da família, um colega do trabalho, um vizinho, um contato virtual, nada disso importa. O que vale mesmo é o espírito elevado de quem vive com você, alguém otimista, de bem com a vida, que só passa energias boas e positivas, apesar de também ter problemas (muitas vezes, duras provações), como todo mundo. Se esta pessoa te faz bem, mantenha-a por perto. Inspire-se nela porque certamente é alguém que aprendeu a valorizar e libertar a criança interior. E será justamente esse seu lado infantil que irá te salvar nos momentos de crise, que irá te fazer ter fé quando não parecer haver luz no fim do túnel, que vai te mostrar o lado bom da vida e fazer perceber que toda situação, por mais difícil e dolorosa que seja, um dia passa. O seu lado criança é o seu lado mais sábio. É o que te faz ver a presença de Deus nos iluminando, nos fazendo sentir fortes e plenos, capazes de superar qualquer problema. Coitados daqueles que só trabalham, que só estudam, que vivem uma rotina de obrigações e compromissos, sem abrir espaço para o bom humor, a paz, a descontração, o relaxamento e a alegria. Estes vivem tensos, aborrecidos, sérios, tristes, como se viver fosse um grande sacrifício e, por serem infelizes, se sentem incomodados e irritados com quem esbanja bom humor. Pobres invejosos. Aprisionaram a sua criança interior e agora vivem como adultos frustrados. E o que é pior: tentando a todo momento infernizar a vida de quem vive alegre e de bem com a vida. Certamente você conhece alguém assim. Não permita nunca, seja lá quem for, que lhe roubem a sua alegria. Este é o maior bem que você pode ter. Por isso, se faz tão importante colocar limites nos seus relacionamentos. Aproxime-se de quem te faz bem, afaste-se de quem te faz mal. Se essa pessoa que te prejudica for alguém importante na sua vida, trate-a bem, mas com uma certa distância. Tente indicar uma terapia, dê conselhos como procurar fazer novos amigos, ter uma atividade gratificante, arrumar um hobby, viajar, despertar a fé e seguir uma religião que pratique o bem, se divertir mais, ir a festas, cinema, exposições, teatro, praticar um esporte, curtir a natureza, adotar um animal de estimação, ajudar uma obra social, apaixonar-se pela vida, libertar a criança interior. Aí sim, ela vai entender que a vida não é um fardo, mas um grande presente de Deus. Que as crianças sabem aproveitar como ninguém. Tome atitudes adultas, mas não esqueça o seu lado infantil. Mantendo este equilíbrio, fica mais fácil encontrar a felicidade.  
Leia mais...